Uma índia gaúcha pode ser a pessoa mais velha do planeta!

Crédito da imagem ao blog Jornal R 7ª

Muito além do que uma comunidade considerada invisível nas grande cidades, os índios são integrantes de nosso povo, e nossa cultura assimilou muito de sua riqueza cultural, seja na língua, seja na culinária, nos costumes, danças seja no amor e respeito à natureza.

Nesta semana, no dia 19 de abril celebrou-se o dia do Índio. Uma oportunidade de reiterar esforços de elaborar políticas de inclusão social daqueles indígenas que ainda vemos nas ruas das grande cidades vendendo artesanatos ou pedindo esmolas. O modo de vida simples e natural deles é algo que nos inspira. Ver um índio agradecendo a sua divindade pelo sol e pela lua, bem como considerar uma simples árvore como uma irmã sua é empolgante e são sábias lições de vida!

Um deste esforços de inclusão, em minha opinião foi a tradução da Bíblia em Tupi-Guarani, graças à Sociedade Bíblica do Brasil:

“Depois de 46 anos de estudos, a Bíblia foi traduzida para a língua Guarani Mbyá em 1.408 páginas. Existem atualmente cerca de 18 mil indígenas que falam o dialeto, sendo oito mil no Brasil e 10 mil divididos entre Argentina e Paraguai.”

Hoje no jornal da RBS TV local, da capital do gaúchos, foi feita uma reportagem sobre duas pessoas que disputam o título de mais longevas do Planeta, uma é a índia Dna. Pêdra de 121 anos, e a outra é a aposentada Dna. Maria Leontina Rodrigues, de 116 anos –  15.3.1896 . Ao investigar as possíveis causas e “segredos” destes exemplos de longevidade, que é algo que tem sido pesquisado, na área de saúde e medicina social, Dna. Maria respondeu que estava “Vivendo um dia de cada vez.”

“… Dona Maria não dá corda quando o assunto é a morte. Não me preocupo com isso. Quero viver até quando der. Fico aqui na minha casinha e não incomodo ninguém, fala a idosa. Além da carne gorda, (churrasco gaúcho) Maria Leontina também adora um chocolate. ” (Jornal O Correio)

O filho único, que dedica-se a cuidar da mãe, João de Deus Guterres da Silva,  de 77 anos, declarou à RBS TV que ele conhecia a verdadeira causa da longevidade da mãe, era devido a sua fé em Deus e porque ela nunca tomou “um rémedio de doutor”, só chás naturais integrantes da cultura gaúcha.

Outro caso mostrado na reportagem da RBS TV, foi da índia Pêdra Bento, nascida 7 anos antes, 29.6.1889, e que vive na reserva Caingangue de Tenente Portela e tem 60 bisnetos e aparece andando descalça num exercício diário de caminhada que ela faz. Ambas poderão disputar com uma norte-americana de 114 anos, o título de pessoa mais velha do planeta. Ela estará completando 122 anos em junho, ou pelo menos do Brasil e da América Latina!

Estes belos exemplos de longevidade dão o que pensar, não é mesmo? De um modo natural, estas senhoras seguem sua intuição espiritual no que tange ao controle da qualidade de seus pensamentos e sua saúde. Fatos como esses são científicos e fazem-me lembrar uma dica de saúde dada pela pesquisadora de saúde, Eddy no livro Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras: “O bem é natural e primordial.” Agradeço a Deus por ter compreendido, pela Ciência Cristã, que a saúde é um direito divino inato de cada um de seus filhos amados! Direito visivelmente demostrado pela Dna. Maria e Dna. Pêdra!

Fontes:

RBS TV local – 21/4/2011 – vídeo integral de 12min. A reportagem mencionada no post aparece após o 10min.

Jornal O Correio 19/04/2011 e Rádio FandangoMulher mais velha do Brasil e talvez do Mundo mora em Cachoeira.

Bíblia é traduzida para o Guarani. Jornal Estado do Paraná, 19/7/2008

Anúncios

Sobre Blog Bem Viver

Blog Bem Viver Twitter @Metafisica_cura Ativista no processo de construção, colaborativo e coletivo, da espiritualidade aberta e universal que a todos abençoa catalizando a cura e o progresso espiritual.
Galeria | Esse post foi publicado em Longevidade e saúde natural e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Uma índia gaúcha pode ser a pessoa mais velha do planeta!

  1. Pingback: Uma índia gaúcha pode ser a mulher mais velha do mundo! | Porta … | Info Brasil

  2. João Vieira do Rosário disse:

    a noite deste domingo, 23 de outubro, em culto celebrado na Igreja Evangélica Assembléia de Deus foi batizada uma das mulheres mais velha do mundo, a indígena Dona Pedra Bento, que tem 122 anos de idade documentados.

    Dona Pedra vive na Reserva Indígena do Guarita, na localidade de Pedra Lisa, em Tenente Portela. Após subir os degraus com dificuldade a idosa foi mergulhada no Tanque das Águas Batismais em cerimônia presidida pelo pastor José Cezar Machado, que além dela, batizou outras oito pessoas.

    A indígena foi incentivada ao batismo pelo filho, Arlindo Claudino, 74, que diz ser membro da igreja a pelo menos 30 anos. Dona pedra vive com o filho, netos e bisnetos.
    Dados da Pág. Portela Online; http://www.portelaonline.com.br.
    No endereço estão tbém as fotos.

    • compubbrasil disse:

      Muito obrigado Sr. João Vieira do Rosário por seu comentário e pela boa notícia acerca da Dona Pedra Bento! 122 anos é uma graça divina que demonstra o que Cristo Jesus nos ensinou: que a única Vida é Deus! Grande abraço aos cidadãos de Tenente Portela em especial a Dona Pedra e congratulações a sua grande e linda família!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s