Casamento, separação, divórcio: existe felicidade após? E onde está Deus?

As pessoas acreditam no amor, namoram, noivam e casam-se! Os casamentos duram o quanto tem de durar. Alguns, poucos, duram para sempre, outros rompem-se no meio do caminho. Quando isso acontece, é preciso sofrer? Como fica o sentimento de culpa? E a tal busca da felicidade – enquanto direito universal – ou até acontecer surgir um novo amor está no script da rotina do casa-separa-divorcia?

555106_484127221654877_2093877064_n

Bom, não sou um especialista no assunto, mas ouso escrever pois, após 27 anos de casado estou divorciado, judicialmente, e, já em um novo relacionamento.

Sei que tem o lado complexo e até o lado inesperado de tudo! Entretanto, não é de estranhar, haja vista o falsos modelos de conduta e o abalo da moral do casamento, evidente nas novelas e estampado todas as noites para crianças, jovens e adultos assistirem.

Penso seja interessante compartir um pouco da experiência que estou vivendo, dos ajustes familiares, e de como é possível evoluir, crescer espiritualmente, quando ousamos manter um espaço, ou tempo, para orar, e buscar na fonte divina de todo o bem, conforto, inspiração e direção. Com gratidão digo feliz que tenho sentido a presença Consoladora e Confortadora da força-Cristo me impulsionando para seguir em frente.

375894_454723544610805_2049962411_n

No meio do temporal, no olho do furacão, eis que conheço alguém que está me ajudando a revisitar o amor A2. Agradeço ao Amor divino e sua infinita bondade pela dádiva do céu de colocar essa pessoa em meu caminho – sinto que em momento algum deixei de sentir o carinho, a bondade e a presença do Pai universal! Causualidade ou não, ela faz aniversário no mesmo dia que eu, e nos conhecemos do modo mais inusitado! Mas isso faz parte dos nosso guardados!!! he he he Meu sentimento de gratidão por minha amada, é uma evidência da felicidade que estou sentindo por ser merecedor de sua confiança e amor!

O sentimento de culpa foi algo que me assediou. Mas ao ler essa passagem da Bíblia:
“Foi dito: ‘Aquele que se divorciar de sua mulher deverá dar-lhe certidão de divórcio’.  Mateus 5:31

Confiando e seguindo a orientação divina, diante da mudança de ideia em relação ao divórcio consensual, sem pensão – haja vista que os filhos são maiores – e sem partilha o qual foi uma decisão pessoal minha, então cheguei a uma advogada especialista na Emenda Constitucional 66. E estou exercendo meu direito constitucional a lograr o divórcio.  Interesse difusos, o peso da crítica, o desacerto de opiniões alheias e erros de orientação advocatícia acabam por gerar um mal estar. Mas a eterno Pastor universal sempre guia suas ovelhas pelo melhor caminho que direciona pelas “veredas da justiça”: 

 “Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome.” Salmo 23:3

Para completar o rol de bênçãos, por que não tem espaço aqui para relatar todas num só post; a ex-esposa já está num segundo relacionamento e esse bem promissor. Ou seja, o desdobramento do bem é para todos e, ao Amor divino, Pai-Mãe, infinito,  inexiste separação, ou divórcio (cessação de um compromisso divino) no eterno fluir do progresso e do bem que a todos abençoa.

Um agradecimento especial a Deus e a Ciência Cristã que desenvolve minha espiritualidade, a qual tem sido essencial para superar os momentos mais difíceis, e um agradecimento profundo aos familiares, em especial aos filhos, pelo seu alto grau de maturidade e crescimento espiritual visivelmente demonstrados nessa experiência que está servindo de aprendizado e crescimento espiritual a todos – eles podem ser considerado um valoroso patrimônio, intangível e tangível.

{Crédito das imagens: 1ª) encontrada na web e compartilhada no Facebook por Jaires Oliveira | 2ª Taise Oliveira} Re-editado em 27-4-13
Anúncios

Sobre Blog Bem Viver

Blog Bem Viver Twitter @Metafisica_cura Ativista no processo de construção, colaborativo e coletivo, da espiritualidade aberta e universal que a todos abençoa catalizando a cura e o progresso espiritual.
Galeria | Esse post foi publicado em BUSCA DA FELICIDADE, CASAMENTO, DIVÓRCIO, EMENDA CONSTITUCIONAL 66, SEPARAÇÃO e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Casamento, separação, divórcio: existe felicidade após? E onde está Deus?

  1. Celso disse:

    Estou separado a uma semana, como é dificil, mas temos que seguir, obrigado pelo seu relato

  2. JAIRES OLIVEIRA disse:

    O artigo é perfeito… Obrigada!

  3. ALCIONE P CAVALCANTE disse:

    OBRIGADO , ESTAVA ME CULPANDO PELO PROCEDER ERRADO DELE MAIS DEUS TEM O MELHOR PARA MIM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s